quarta-feira, 17 de agosto de 2011

FELIPE já é um MILAGRE!

Pra quem vem acompanhando a história da família Vargas Hertz, sabe que cada dia de vida do Felipe já é um milagre.
E nós esperamos que esta história tenha o melhor final possível, com a recuperação completa dele.
Então, o que nos deixa muito feliz é saber como a cada dia Felipe faz mais e mais progressos em direção a um milagre total!
Na semana passada ele foi submetido ao primeiro procedimento para retirar a pele queimada e morta das costas, e deu tudo certo.
No domingo, Dia dos Pais, deu um grande presente ao pai Jorni... Felipe está fora dos aparelhos, já respira sozinho e pôde dizer: FELIZ DIA DOS PAIS!!!
Hoje, ele se submete a mais um procedimento nas costas. Por isso, continuemos em oração.
Cada vitória reafirma a esperança e renova as forças para que ele e sua família possam persistir com Deus nessa jornada até o fim.


*Se você tem acompanhado o blog e tem orado pelo Felipe e sua família, deixe o seu recado, contando onde e como tem intercedido por eles.*

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

É só um pouco mais...

A música já diz tudo...


Avaliação do estado do Felipe

Hoje a tarde os médicos atenderam o Felipe na UTI mesmo e decidiram não levá-lo ainda para o bloco cirúrgico a fim de realizar os procedimentos de enxerto de pele.
Eles acharam melhor esperar até segunda-feira para que seu quadro clínico fique ainda mais estável.
Disseram que ele já tem condições de ser deslocado para o bloco cirúrgico, mas acharam melhor esperar mais 4 dias, para o bem do Felipe.
De acordo com a avaliação da equipe médica a parte com maior gravidade são as costas, mas devemos aguardar os procedimentos a partir de segunda.
Por outro lado, Marildes e Jorni tem acompanhado a melhora de Felipe, que em algumas circunstâncias abriu os olhos e reagiu aos carinhos dos pais nos seus dois pés, além de ter ouvido músicas pelo celular.
Sabemos que o quadro dele continua grave, mas essas são verdadeiras faíscas de esperança pela melhora dele.
Continuemos em oração pelo Felipe e família.

A força está na união...

Uma semana atras.
Um acidente.
Uma explosão.
Uma perda.
Um sobrevivente.
Uma esperança.
Cada minuto que passa é uma vitoria no placar da luta de Felipe pela vida.
Ele ainda segue internado em estado muito delicado e de risco, mas existe sim, esperança, que se confirma a cada novo minuto.
Nós não podemos fazer muito, mas vamos nos unir para fazer aquilo que podemos: oração.
Nisto está a nossa força. Onde quer que você esteja eleve sua voz e seu pensamento ao Doador da vida e Médico dos médicos, o Deus dos impossíveis.
Hoje a tarde Felipe passará por uma cirurgia dando inicio aos procedimentos de enxerto de pele.
A jornada é longa, mas a presença, amor e apoio de Deus são certos:
"Eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos." Mateus 28:20
"De maneira alguma te deixarei, nunca, jamais, te abandonarei." Hebreus 13:5

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Eu só posso imaginar...

Quando estamos enlutados, algo que nos é oferecido são flores.
Me parece que a beleza delas é uma das maiores mensagens de conforto que se pode transmitir a uma pessoa. Mais poderosa do que muitas palavras juntas num discurso, as flores demonstram carinho e afeição por aqueles que perderam alguém querido ao mesmo tempo em que amenizam o ambiente de luto.
Assim parece acontecer com determinadas músicas, capazes de descrever nossa dor ou alegria, nosso pesar ou gozo, e também nossa esperança. Esperança de nos encontrarmos com Jesus e com os queridos que a morte nos levou, queridos como o Jorni.
Enquanto esse momento não chega, você e eu só podemos imaginar...

video


domingo, 31 de julho de 2011

JORNI... A saudade é grande, mas a esperança é maior!

O dia 29 de julho de 2011, uma sexta-feira fria e chuvosa, vai ficar marcado na vida daqueles que conheceram o Jorni. Naquela madrugada Jorni não resistiu aos ferimentos e faleceu, deixando um enorme vazio entre seus familiares e amigos.
Esse dia marca a nossa despedida, mas não pode e nem é capaz de ser mais marcante do que outros dias, como...
...O dia em que ele nasceu, filho primogênito de Marildes e Jorni, levando o exato nome do pai e enchendo a casa de alegria, chorinho, mamadeiras, fraldas e aquele cheirinho bom de bebê.
...O dia de todos os seus aniversários, sempre rodeado de familia, amigos e muitas gargalhadas e presentes.
...O primeiro dia de aula.
...O dia em que perdeu o primeiro dente de leite.
...O dia em que aprendeu a andar de bicicleta, e não desgrudou mais dela.
...O dia do seu primeiro beijo.
...O dia em que entregou sua vida a Jesus através do batismo.
...O dia em que entrou no Coral Jovem de Cachoeira, e os muitos dias que se seguiram em ensaios e apresentações.
...O dia em que se tornou um desbravador no Clube Atalaias do Jacuí.
...Enfim, o dia em que ele se tornou parte da sua vida, seja você quem esteja lendo... amigo ou parente... esse ou esses dias é que fazem com que dor da perda e a saudade no nosso peito sejam tão grandes.
Mas muitos de nós temos um sentimento ainda maior: a ESPERANÇA.
A mesma esperança que motivava a vida do Jorni, e pode ser resumida nas seguintes palavras de Jesus:
"Eu sou ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá." João 11:25
Essa esperança conforta o nosso coração, na certeza de que ao nos despedirmos do Jorni na tarde daquela sexta-feira não dizemos "Adeus", mas "Até logo!". Que essa esperança possa confortar o seu coração também.
    Que Deus te abençoe.